Anime: Slice of life

por em 22 de agosto, 2020 Comente

Slice of life é um dos muitos gêneros de animes e é um dos meus favoritos.

O termo slice of life engloba histórias focadas no dia-a-dia dos personagens, nas vidas deles. Vai desde os dramas da vida adolescente até a rotina de adultos e seus empregos. E mesmo focando no cotidiano, pode apresentar conteúdo fantástico, ou seja, pode ser um slice of life de uma família que se transforma em animais do zodíaco (Fruits Basket).

Escolhi cinco animes entre os meus favoritos do gênero para indicar para vocês:

● Wotakoi: Love is hard for otaku – Wotaku ni Koi wa Muzukashii – Assistir na Amazon Prime Video

slice of life
É sobre quatro amigos que trabalham na mesma empresa, formam dois casais e o mais importante: todos são otakus. Tem otaku de mangá, de jogo, tem cosplayer, tem leitor de yuri, ou seja, tem de tudo. E eles são maravilhosos demais.

Não sei nem explicar o tanto que amo Wotakoi, o quanto eu queria morar nesse universo e ser amiga deles. Eu brinco que sou uma mistura de Narumi e Hirotaka: tenho a mesma altura e tipo sanguíneo que a Naru, mas minha personalidade é 100% igual a do Hirotaka.
Amo o enemies to lovers da Hana e do Kabakura, mesmo estando em um relacionamento amoroso eles seguem atacando um ao outro, produzindo cenas divertidíssimas. Eles são um casal que funciona muito bem, então gosto das cenas que dão mais foco para eles.

Quantidade de episódios: 11
Episódios extras: 1

● New Game! – Assistir na Crunchyroll

Aos dezoito anos Suzukaze Aoba começa a trabalhar na Eagle Jump, uma empresa que desenvolve jogos. Ela está empolgada por ser seu primeiro emprego e ser algo que ela ama fazer, além de trabalhar no mesmo departamento que Yagami Kou, a designer de personagens que tanto admira.

É tão gostoso assistir e acompanhar toda a criação dos jogos, os desenhos dos personagens, o desenvolvimento, os testes beta. É um anime muito divertido, tanto que assisto de novo sempre que tenho tempo.
Essa história é muito importante para mim porque ver a Aoba tão feliz e amando trabalhar me deu vontade de ter o mesmo. Foi assistindo esse anime que finalmente tive a coragem de admitir que eu queria mudar de profissão. Eu também queria gostar do meu emprego e fazer o que amo, então nunca vou esquecer o que me fez dar o primeiro passo.

Aviso: conteúdo ecchi
Quantidade de episódios: 24
Episódio extra: 1

● Blue Spring Ride – Ao Haru Ride

Futaba é uma adolescente como qualquer outra, exceto que ela passou a se esforçar para não ser notada pelos garotos, dado que garotas bonitas que atraem atenção acabam excluídas. Mas tudo muda quando o primeiro amor dela, Tanaka Kou, volta inesperadamente a fazer parte da vida dela. Eles têm pendências do passado, especialmente porque ele não foi no primeiro encontro deles e desapareceu por anos. Ambos passaram por várias mudanças e resta sabem como vão lidar com tudo que aconteceu mais as questões atuais.

Eu amo a Futaba. Amo que ela é engraçada, amo que ela é ridícula tendo plena consciência disso, amo que ela é super atrapalhada. E é óbvio que eu também amo o Kou, ele sorriu pela primeira vez e meu coração já era dele. Amo as piadinhas, amo o quanto ele é observador, amo até o fato dele ser um grande lixo as vezes. Amo o relacionamento deles.
É fácil pensar que se trata só de mais um enredo adolescente, mas tem tantos temas importantes sendo trabalhados como mudanças, lidar com perda, necessidade de validação, objetivos e limites pessoais. Até hoje eu lembro o que o Kou fala para a Futaba no segundo episódio porque é fácil me identificar com o “me perdi no caminho e vou ter que começar de novo”.
Amo essa história, amo os protagonistas, amo a trilha sonora. É tudo perfeito e eu queria que mais pessoas conhecessem.

Quantidade de episódios: 12
Episódios extras: 2

● Toradora! – Assistir na Crunchyroll

Ryuuji é um adolescente gentil que frequentemente é confundido com um delinquente por ter olhos intimidadores. Já Taiga é o oposto: pequena, com um aparência delicada e tudo menos dotada de uma personalidade doce. As vidas deles se cruzam por causa de um erro cometido pela Taiga e é graças a isso que surge uma aliança entre eles com o objetivo de se ajudarem a conquistar seus respectivos crushes.

Assisti em 2018 porque vi que era um dos animes que completaria dez anos desde a estreia e, para falar a verdade, nem sei o que estava esperando. No fim, acabei gostando muito da história e dos personagens porque eles vão de cenas cômicas para sérias e tristes. São dois extremos e a forma como são apresentados é muito boa, então acabou sendo fácil me conectar e entender os sentimentos deles, como se fôssemos amigos.
Achei o final clichê e nada surpreendente? Sim, mas isso não diminuiu o tanto que amei cada um ter encontrado um tipo de final feliz.

Quantidade de episódios: 25

● My roommate is a cat – Doukyonin wa Hiza, Tokidoki, Atama no Ue – Assistir na Crunchyroll

slice of life
Mikazuki Subaru é um jovem autor introvertido e muito tímido que prefere ficar em casa do que sair e ter que interagir com pessoas. Um dia, ao visitar o túmulo do pais ele encontra uma gata e decidi levar ele para casa, mesmo sem saber como cuidar de alguém.
Haru, a gata, é grata ao Subaru pois ele a alimenta com tudo de melhor, mas ela nota o quanto ele é perdido e não sabe nem cuidar de si mesmo. Então ela decidi ficar por perto para tomar conta dele.

A narrativa mostra o ponto de vista tanto do Subaru quanto da Haru e essa é uma das coisas que mais gostei no anime. Também gosto do desenvolvimento, de como o Subaru foi de solitário a ter várias pessoas na vida dele, sem ser de uma forma forçada, e como a Haru foi o primeiro passo para isso acontecer. É muito bonitinho como a gata se torna parte da vida do protagonista e tira ele do “esconderijo” que ele vivia.
É um daqueles que a gente começa a ver e não para antes do final, eu amei e recomendo muito assistirem quando estiverem precisando de uma história mais leve.

Quantidade de episódios: 12

Tópicos Relacionados

Ellen Silva
Amo livros, séries, animes e procrastinar.
Você também pode gostar...
0 Comentários
Deixe Um Comentário