Esportes nos animes

por em 10 de novembro, 2018 4 Comentários

Eu pratico esportes? Não. Entendo alguma coisa sobre qualquer esporte? Também não. Mas por algum motivo desconhecido, me transformei na louca dos animes de esportes.

Nunca tinha dado atenção para histórias assim, principalmente porque prefiro fantasia e ficção, entretanto resolvi dar uma chance para “Major 2nd” e parece que isso abriu espaço para outros que possuem a mesma temática.

Assisti cinco animes com esse assunto nos últimos meses, então vou falar um pouquinho sobre cada um deles.

● Major 2nd – Beisebol


“Major 2nd” gira em torno do Daigo, que sonha em ser um jogador tão bom quanto o pai que é um arremessador famoso. Porém, como nada é perfeito, as coisas não acontecem como ele imaginou e ele acaba abandonando o beisebol. Passado um tempo, ele conhece um novo aluno chamado Hikaro e começa a ver tudo por um ponto de vista diferente, mas não antes de teimar bastante e ser bem chatinho.
Ignorei completamente o “2nd” no nome e só descobri no final da temporada que se trata de um spin-off com a segunda geração de “Major”. Sem comentários. O pai do Daigo, Goro, é o protagonista de “Major” e outras crianças da segunda geração são introduzidas aos poucos.
Infelizmente ou felizmente falhei de novo ao não ter prestado atenção em todos os subgêneros e deixei passar o fato de que tem drama. Só que, se eu tivesse visto isso antes de começar a assistir, certeza que teria desistido, o que seria uma pena porque é bem legal.
Quantidade de episódios: 25

● Free! – Natação


Haruka, Makoto, Nagisa, Rei e Rin tem algo em comum além do nome feminino: a natação.
Eles – Haruka, Makoto, Nagisa e Rin – fizeram parte do mesmo clube quando crianças, mas acabaram seguindo caminhos diferentes. Quando se reencontram no ensino médio, Rin desafia Haruka para uma corrida e revive a rivalidade entre eles. E é então o Nagisa convence o Makoto e o Haruka a formar o clube de natação do colégio Iwatobi e é onde o Rei entra no grupinho. Também tem a Gō, que tem nome masculino, mas é a cota feminina do anime, a assistente do clube de natação e uma apreciadora de músculos bonitos.
Comecei a assistir porque vi no Instagram de uma moça que sigo e é o único que entendo sobre porque já pratiquei o esporte. Confesso que fiquei até com saudades de nadar, mas ainda bem que passou rápido.
A segunda temporada foi a mais difícil de assistir porque a quantidade de drama quase foi demais para eu aguentar, mas a terceira foi tão boa que compensou tudo.
Quantidade de episódios: 37

● Harukana Receive – Vôlei de praia


Por questões familiares, Haruka acaba indo morar com os avós e a prima Kanata. Enquanto a Haruka não entende nada de vôlei de praia, a Kanata parou de jogar e tem certo trauma emocional com relação ao esporte. Mas nada impede elas de se ajudarem e se tornarem uma dupla imbatível e muito fofinha.
Apesar de conter certa carga emocional, entre todos dessa lista, foi o mais tranquilo de assistir. Foi a combinação ideal de drama, superação e amizade, retratados de uma forma tão leve que eu mal via o tempo passar enquanto assistia. Tudo bem que quase tive um treco durante a última partida, ainda mais por ter que esperar uma semana entre os episódios, mas valeu a pena.
E eu amo que “Harukana Receive” é a mistura dos nomes das personagens principais + “receive”, receber em português, um dos movimentos possíveis no jogo.
Quantidade de episódios: 12

● Hanebado! – Badminton


Depois de ter abandonado o badminton, Hanesaki Ayano, que joga assustadoramente bem, volta a treinar quando começa o ensino médio e conhece Aragaki Nagisa, uma estudante que passa todo o tempo possível aprimorando suas jogadas. É o talento natural da Ayano vs o esforço da Nagisa, com direito a muito drama.
“Hanebado!” foi o mais difícil de acompanhar, dado que:
a) eu nunca tinha assistido uma partida de badminton;
b) a Ayano é muito insuportável e
c) a Uchika, mãe da Ayano, me estressou demais. A mulher é tão lixo quanto o Ging, pai do Gon de “HunterxHunter”.
Por que não abandonei? Não sei, mas pelo menos o final foi do jeito que eu queria e me senti tão feliz que foi como se eu tivesse ganhado a última partida.
Quantidade de episódios: 13

● Haikyū!! – Voleibol


Hinata é um estudante que desenvolve um amor louco pelo voleibol depois de ver o favorito do campeonato, apelidado de “Pequeno Gigante”, em um jogo pela televisão. Só tem um detalhe: ele não é alto o suficiente para ser considerado um jogador ideal. Seguindo os passo do ídolo, Hinata entra no Colégio Karasuno e se surpreende ao descobrir que Kageyama Tobio será seu companheiro de time. Obviamente eles revezam entre amor e ódio mútuo, mas formam a dupla mais maluca com a tática de jogo mais insana que já vi.
E eu amo todos os personagens dessa história.
Enrolei para começar e depois me arrependi por ter assistido muito rápido. Tem muito desenvolvimento de personagem, adolescentes nada perfeitos, amizades maravilhosas e vários momentos engraçados. Vários mesmo, dei tanta risada que várias vezes precisei parar o episódio porque me deu dor na barriga.
Quantidade de episódios: 60

Menção honrosa:

● Yuri!! On Ice – Patinação no gelo


YOI salvou a minha vida no ano passado e com frequência faz com que eu me sinta uma prima ballerina sem o cabelo de princesa russa enquanto danço ao som de “History maker”.
É sobre competições de patinação no gelo e mostra como o transtorno de ansiedade e a síndrome do impostor quase fizeram com que Yuri Katsuki desistisse da carreira de patinador.
O único ponto negativo é que não explicam como funciona o esporte, quais as diferenças entre os saltos, então quem não conhece nada sobre vai ficar um pouco perdido.
Quantidade de episódios: 12

Todos os animes citados aqui estão disponíveis no Crunchyroll, um site com animes e mangás, que oferece transmissão simultânea com o Japão.

Ellen Silva
Amo livros, séries, animes e procrastinar.
Você também pode gostar...
4 Comentários
  • Bia tomaz
    10 de novembro 2018, às 7:50

    Já cliquei preparada pra gritar aqui nos comentário SOBRE yuri on ice e SURTEi com você comentando sobre ele ❤❤ Eu não assisto muitos animes, eu só vejo quando, me indicam ou o enredo REALMENTE me chama a atenção e já coloquei esses que você indicou na listinha pra assistir.
    Eu vim aqui TAMBÉM pra dizer que espero que seu blog tenha muito SUCESSOOoo! Ele é muito lindo e o conteúdo é otimo ❤
    Beijos 😘

    • ellen
      10 de novembro 2018, às 8:11

      EU AMO YURI ON ICE!!! Sério, já perdi as contas de quantas vezes assisti e estou sempre pronta para uma nova maratona hahaha
      Voltei a assistir animes ano passado e estou assistindo TANTOS que já tem mais dois posts programados com esse assunto. Depois me fala se você assistir algum dos que indiquei aqui.

      E Bia ❤ MUITO OBRIGADA! Você é um anjo e fico muito feliz de receber não só seu carinho, mas seu apoio.

  • POlly trindade
    13 de novembro 2018, às 10:55

    YOI salvou meu 2017 e Haikyuu! Salvou meu 2018. Vou reassistir o resto da vida, gritar e chorar tudo de novo ❤

    • ellen
      14 de novembro 2018, às 4:24

      “Vou reassistir o resto da vida, gritar e chorar tudo de novo” SIIIIIIIIIMMM
      Queria ter vida eterna só para ficar reassistindo animes bonitos

  • Os comentários estão fechados.