Mais recomendação de histórias nacionais

por em 05 de agosto, 2017 Comentários Fechados


Esqueci completamente de publicar o post da semana passada, então, para não mudar o dia de atualização, eu resolvi deixar para hoje. Sendo assim, é dia de recomendação! E só tem história boa.

Fetiches da Má Marche
Sinopse: Coletânea de contos eróticos que pretendem explorar cada fantasia sexual das mulheres em geral. Os fetiches focam em personalidades, situações e profissões específicas, e têm uma pitada de romance para deixar tudo mais interessante. A mulher gosta de emoção, perigo, aventura. Ela não gosta só de foder… Ela precisa do ambiente e do clima. E, de quebra, de uma série avassaladora de orgasmos, se possível. Aqui, ela pode ter tudo.
Avisos: Cada conto retrata um fetiche popular e são relações consumadas em diferentes locais, um mais inusitado do que o outro. Tem sexo com o chefe, vizinho, médico, policial, professor, melhor amigo, jogador, capitão e piloto. Ou seja, tem bastante sexo muito bem escrito, desde papai-e-mamãe até exibicionismo. Cuidado, quando você perceber já vai estar viciada esperando ansiosamente pela próxima “Aquela”.
Quote: “Eu me sentia febril, como se tivessem enfiado um aquecedor na minha b****a, que irradiava ondas de calor por todo o corpo sem discrição alguma”.
Onde ler: Wattpad.

1995 da Maureen Heinrich
Sinopse: Marina Williams nunca fora nem furacão, nem chuva de verão. Aos vinte anos, a compositora americana tem, como todos os outros jovens adultos nascidos na metade dos anos noventa, mais dúvidas do que certezas e mais sonhos do que possibilidades concretas de realizar qualquer um deles. Cansada de ser apenas M. Williams em letras minúsculas nas canções de sucesso de outros artistas, o que ela quer agora é que o mundo ouça sua voz. Ao juntar forças com o produtor Pietro McAndrew, é hora da garota de cabelos azuis provar que é mais do que outro floquinho de neve especial em meio a uma nevasca. O nome dela é Marina.
Avisos: Não tem como não se identificar com pelo menos meia dúzia de personagens. Também não tem como não querer ser igual a, no mínimo, dez deles. Ou fazer parte do grupinho. Sem contar que tem música no meio de tudo. Levei um tempo para me doar 100% para essa história e como eu me arrependo! Deveria ter abraçado esse mundo maravilhoso que a Emme criou de uma vez.
Quote: “ – Mar – ele disse simplesmente, como se tivesse lutado muito tempo contra cada uma daquelas palavras – é o português para “sea”. A imensidão azul. Como você.
– Às vezes o mar é verde – soltou, e não fazia ideia de onde aquilo havia saído. Talvez de seu nervosismo, talvez da agitação e das borboletas em seu estômago.
– Os seu olhos também são. Você é um oceano inteiro.”
Onde ler: Wattpad.

A Melhor Amiga “Lésbica” Dele da Roberta Cintra
Sinopse: Um aluno novo interessante, um boato antigo e um mal entendido. Uma amizade cheia de segundas intenções, um amor escondido e evitado a todo custo. Uma peça de teatro, um clube de dança, um baile de inverno… Inseguranças, incertezas e muito rock’n’roll. E você pensando que o mais difícil seria passar na faculdade dos sonhos. “A insanidade sorri, sob pressão estamos quebrando. Não podemos dar a nós mesmos mais uma chance?”
Avisos: Usando o recado da própria autora “Essa não é uma história sobre uma garota que é lésbica e “vira hétero” por um cara. É uma história sobre preconceito, em todas as suas formas, e como ele afeta o ambiente escolar.” Eu comecei a ler essa história lá por 2012, no começo da graduação, e ela atravessou todo esse tempo comigo. E nunca sei sei o que dizer, porque a Roberta conseguiu juntar tanta coisa importante e bonita em um único enredo que só lendo para entender mesmo.
Quote: “– Porque eu te amo. E dessa vez eu não vou fugir.”
Onde ler: Wattpad.

Ellen Silva
Amo animes, mangás, livros e procrastinar.
Você também pode gostar...
0 Comentários

Os comentários estão fechados.